O sorriso perfeito é uma realidade para os brasileiros

estetica-dental

O aumento da expectativa de vida e renda do brasileiro provocou uma mudança no sorriso das pessoas. Nos últimos 20 anos, o número mensal de implantes aumentou de 10 mil para 200 mil, segundo dados do setor. Hoje, 2,5 milhões de brasileiros usam implantes dentários, número que deve aumentar para cinco milhões até 2020, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e Laboratórios (Abimo).

O custo diminuiu e o acesso aumentou, logo, conquistar um sorriso perfeito é, hoje, uma realidade cada vez mais próxima dos brasileiros. Porém, é importante saber que um sorriso perfeito depende de vários fatores e não apenas de um desejo pré-estabelecido. O formato do rosto, lábios, curvatura da boca e estado de conservação dos dentes são alguns dos fatores que tornam alguns sorrisos irresistíveis.

Segundo pesquisa do Dr. David Holmes, da Manchester Metropolitan University, a diferença entre uma expressão bela e uma não tão bela depende muito do estado dos dentes de uma pessoa. Segundo o especialista, embora o formato do rosto seja muito importante, simplesmente saber que se tem um sorriso bonito já torna uma pessoa mais bonita.

O Diretor Clínico da Dental Esthetic Center e Presidente da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, o curitibano Rogério Marcondes, afirma que é comum alguns clientes aparecerem na clínica com um modelo pronto na cabeça, desejando um sorriso igual ao dos artistas de Hollywood.

Porém, segundo o especialista, nem sempre é possível realizar esse sonho. “Nem sempre dá para realizar este desejo, porque não existe um sorriso ideal universal, que serve para todo mundo, até mesmo porque cada pessoa possui um padrão que deve ser respeitado”. Marcondes afirma ainda: “O objetivo estético mais importante na odontologia estética é adquirir um sorriso balanceado, que esteja de acordo com a idade, gênero e tipo facial do paciente, algo natural e não artificial”.

O Odontólogo salienta que palavra estética apresenta duas dimensões: subjetiva e objetiva. “A beleza subjetiva é uma qualidade relacionada ao gosto pessoal. Esta percepção vem influenciada por conceitos culturais, raciais e étnicos e pode variar muito”, afirma. Já a beleza objetiva, segundo ele é baseada na consideração do próprio objeto.

“São princípios científicos e artísticos que, considerados coletivamente, podem criar um sorriso bonito. Estes princípios foram estabelecidos através de registros de pacientes, modelos de diagnóstico, pesquisas, medidas científicas e conceitos artísticos de beleza, que se considerados e aplicados corretamente, determinam como resultado final o sorriso ideal”, completa.

Fonte: Odonto Magazine.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s