Limpar chupeta com saliva dos pais pode prevenir alergias em bebês, diz estudo

bebe

Já pensou fazer seu filho ficar mais resistentes à doenças causadas por micróbios e bactérias? Pois, alguns pesquisadores descobriram que crianças cujos pais chuparam sua chupeta para limpá-las eram menos propensas a ter asma, eczema e sensibilidade aos alérgenos do que as crianças cujos pais não limpavam a chupeta dessa maneira. Confira no artigo do O POVO Online:

 

Pais que querem proteger seus filhos de desenvolver alergias devem introduzir as crianças ao mundo dos micróbios colocando a chupeta em suas próprias bocas antes de devolvê-la para seus bebês. É o que sugere um novo estudo sueco, publicado em 06 de maio na revista Pediatrics.

 

Os pesquisadores procuravam saber se a exposição microbiana durante os primeiros meses de vida afetaria o desenvolvimento de alergias.

 

De acordo com o estudo, a transferência de bactérias orais de adultos para crianças parece ajudar a treinar o sistema imunológico dos bebês a ignorar os germes que não representam uma ameaça. A conclusão é que a sucção dos pais de chupetas do seu bebê pode ajudar a diminuir o risco de alergia causada pela transferência de micróbios através da saliva.

 

Para o estudo, 206 mulheres grávidas na Suécia foram inicialmente recrutadas como participantes, e 187 de seus filhos foram incluídos na pesquisa. Os cientistas procuraram famílias com pelo menos um dos pais com histórico de alergia para ver se eles poderiam identificar uma resposta imunológica diferente nas crianças.

 

Cautela

Ron Ferdman, alergista pediátrica do Hospital Infantil de Los Angeles, que não participou do estudo, pediu cautela na interpretação dos resultados, já que a pesquisa contemplou um pequeno número de bebês.

 

Outros pesquisadores manifestaram preocupação com chupetas sujas. Tom Glass, professor de ciências forenses, patologia e medicina dentária na Oklahoma State University, nos EUA, apresentou, em novembro passado, uma pesquisa da Sociedade Americana de Patologia Clínica em Boston que encontrou grande variedade de bactérias causadoras de doenças, fungos e mofo em chupetas de crianças.

 

A pesquisa mostra que pode crescer uma camada viscosa de bactérias na chupeta, alterando as bactérias normais na boca das crianças e estimulando inflamação, além de aumento do risco de desenvolver problemas gastrointestinais ou infecções de ouvido. As informações são do The New York Times.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s